Avançar para o conteúdo principal

DEITA O BABICO NO LIXO



 A peça narra a história de um grupo de amigos, colegas de escola, filhos de operários de uma fábrica de brinquedos. Eles convivem também com o filho do dono da fábrica que produz Babico, um robô inútil, mas que começa por agradar às crianças. Quando a mãe de um dos meninos é despedida pelo dono da fábrica dos brinquedos, eles tudo vão fazer para que ela volte a ser readmitida.
Este é um espetáculo que leva à reflexão sobre injustiças sociais dos nossos tempos, numa linguagem divertida e acessível para as crianças.

A Ditirambus conta no seu currículo com diversas peças de teatro infantil e infanto-juvenil, como Um Dia na Vida de uma Criança, Circo de Papel e Chuva de Cores. Em 2012, a proposta é Deita o Babico no Lixo.

Original alemão de Volker Ludwig; tradução de Manuela Gomes.
Encenação de Marco Mascarenhas.
Assistente de Encenação: Carlos Alves.


Disponível para escolas. Estamos a aceitar marcações para as representações a ocorrer na semana entre 10 e 14 de dezembro, no Auditório do IPDJ, em Moscavide (Parque das Nações). Espetáculo inserido no Programa "Passaporte Escolar" da Câmara Municipal de Lisboa. 
Contactos: 916041447/ 911557193
ditirambus@gmail.com


Elenco:
Carlos Catarino; Carlos Alves; João Paulo Almeida; Íris Lopes; Maureth António; Cláudia Vieira; Catarina Monteiro.
Direção Musical: Rita Almeida; Músicas: Rui Rocha
Iluminação: Rúben Silva
Som: Ricardo Fernandes
Figurinos: Paulo Miranda
Adereços: Manuela Gomes
Produção: Ditirambus – Associação Cultural e de Pesquisa Teatral
Produção executiva: Carlos Alves
Apoio: Câmara Municipal de Lisboa/ Programa "Passaporte Escolar"; Junta de Freguesia de São João.

Mensagens populares deste blogue

DITIRAMBUS: TEMPORADA 2018/2019 E NOVA DIREÇÃO

A Ditirambus esteve hoje reunida. Discutimos ideias, conversámos sobre a nova temporada que aí vem, a temporada 2018/2019, com novas produções, novos eventos e algumas novidades para os nossos espectadores. Também hoje iniciou funções a nova Direção, constituída por Carlos Alves, Joana Martins Lourenço e Rúben Silva. Os anteriores membros da Direção, Onivaldo Dutra de Oliveira e Célia Figueira mantêm-se nos órgãos sociais da Associação (ver lista completa dos órgãos sociais em baixo).
A Ditirambus é um projecto teatral com uma história grande. Os vinte e três anos da companhia estão recheados de grandes produções, várias deslocações pelo país, muitos autores, outros tantos atores que por aqui passaram. Estivemos nas Gaivotas, o actual Pólo Cultural das Gaivotas, em Lisboa, sim, essa foi a nossa sede, no início; agora, ensaiamos na zona mais ocidental da cidade; e é também aí que desenvolvemos e vamos manter uma forte ligação à Comunidade e às Freguesias daquela zona de Lisboa.
Esta his…

ESPETÁCULO DE HUMOR COM JOÃO SEABRA - ABERTURA DA TEMPORADA 2018/2019

A nossa temporada 2018/2019 vai ter uma programação, no mínimo, ambiciosa; acima de tudo, espera-nos muito trabalho. Pois, queremos começar este tempo com uma festa e partilhá-la com o público, com muito boa disposição. Decidimos que ia ser assim. Juntem-se a nós, comprem já o vosso bilhete, a lotação é limitada.
Convidámos o humorista João Seabra para uma noite de comédia, em Lisboa. O espectáculo terá lugar no dia 8 de Setembro, no Auditório da SFUCO, nos Olivais.
Contamos, nesta festa, com o patrocínio da Teresa Marques e do Carlos Cruz, da Remax.

Teatro Fórum como Vocação, Festival como Consequência

A Ditirambus realizou hoje o seu 4º Fest' Fórum, em co-produção com a Escola Secundária Eça de Queirós (há três anos que esta parceria se mantém). Foi, mais uma vez, um sucesso, quer no que toca à adesão e participação do público quer no que se refere à qualidade dos trabalhos. No total, foram apresentadas oito peças de teatro fórum, por parte de grupos de escolas de Portugal e Espanha e associações de âmbito social e cultural.

O Fest' Fórum é uma iniciativa da Ditirambus que surge naturalmente da nossa ligação ao trabalho de âmbito social, sobretudo (mas não só) com jovens. A nossa experiência em Teatro aliada à vocação de intervenção social que, há largos anos, vimos desenvolvendo, fez com que a técnica de Teatro Fórum se impusesse de uma forma natural. Daqui até à promoção de um festival dedicado a este tipo de teatro foi um passo. Um passo que nos traz até à 4ª edição consecutiva. A vontade, no fim deste dia, é que, no próximo ano, venha a quinta. Mas ainda temos um ano pe…